newsletter

Pular para o conteúdo principal

Rapaz se apresenta como pessoa que passou rojão de vara a suspeito

do G1

Black bloc afirma que deu artefato a suspeito de ferir cinegrafista no Rio

Rapaz com tatuagem na panturrilha aparece nas imagens da TV Brasil.
Vítima está em coma e segue internada em estado grave.

Do G1, em São Paulo
 

Os repórteres Luana Alves e Carlos Alberto Silva, da editoria de jornalismo local do Rio de Janeiro, registraram o depoimento de um rapaz que se apresentou na delegacia na madrugada deste sábado (8). O tatuador Fábio Raposo assumiu ter passado o artefato que atingiu um cinegrafista durante uma manifestação no Rio de Janeiro para um outro manifestante.

"Meu nome é Fábio. Eu estava ontem [quinta-feira] na manifestação contra o aumento das passagens. Sim, era eu. As fotos que foram apresentadas nas mídias era eu sim. Eu era o de camisa, bermuda e tênis, com as tatuagens, era eu sim. Era eu passando o artefato para o outro indivíduo, mas o artefato não era meu, eu quero deixar isso bem claro. O artefato não era meu", afirmou o black bloc, que possui tatuagens na panturrilha.

"Logo que eu cheguei, houve um corre-corre. Eu fui até lá para ver o que tinha acontecido. Estava tendo um confronto entre manifestantes e alguns policiais militares. Daí jogaram uma bomba de gás lacrimogêneo próximo a mim. Eu coloquei a minha máscara de gás, que é mais para minha proteção mesmo, porque machuca o peito e arde o rosto, e foi isso. Eu cheguei, fui até lá, vi que estava tendo um confronto entre a polícia e os manifestantes. Nesse corre-corre, eu vi que um rapaz correndo deixou uma bomba cair. Uma bomba, não sei o que é, um negócio preto assim. Daí, eu peguei e fiquei com ela na mão. Esse outro cara veio e falou para mim: ‘Passa aí para mim, que eu vou e jogo. Eu vou e jogo’. Eu peguei e passei para ele. Foi só isso mesmo", disse Raposo.

Ele ressalta que participa de manifestações forma pacífica. "Eu em momento algum vou para as manifestações para quebrar as coisas e bater em policial, jogar pedra, não sei. É isso. Não fui eu, eu não tive a intenção de machucar nenhum repórter", afirmou.

O jovem afirmou ter ficado assustado com a repercussão do caso e disse que foi pressionado a admitir a participação no caso. "Só estou vindo aqui mesmo porque estou assustado demais. A minha foto foi divulgada até em mídias internacionais. Já recebi ligações de pessoas desconhecidas, não sei se são grupos ou o que são, pedindo para eu assumir o caso e falar que fui eu, tentando me obrigar. É isso. Não fui eu mesmo. Eu quero o bem do repórter que está em coma, a família dele, tudo. Não sei o que falar, mas é isso. Melhoras, cara”, disse.

Raposo garantiu que não conhece o jovem que pegou o artefato e o viu somente na manifestação. "Ele era um cara alto, chamava bastante atenção. Ele estava com uma camisa na cara, preta. Ele chamava bastante atenção, mas não tenho ideia de quem seja. Eu fui sozinho na manifestação", afirmou.

"Foi um acaso mesmo, de ver o negócio no chão, pegar para tentar devolver achando que era algum pertence de alguem, mas infelizmente era uma bomba e ele acendeu de uma forma que foi em cima do repórter", afirmou o rapaz, dizendo acreditar que o manifestante que acendeu o rojão não teve intenção de ferir o cinegrafista. "Acredito que ele não tenha feito por mal. Acredito que foi um acaso de ele estar filmando, os cinegrafistas ficam no meio do fogo cruzado."

O rapaz afirmou que sabe que o estado do cinegrafista é grave. "Eu estou torcendo para ele sair dessa, foi algo surreal, que não deve acontecer nunca, não pode acontecer mais. Os repórteres devem se respeitados. Eles têm o direito de estar ali, como os manifestantes também têm. Acho que le vai sair dessa, torço para ele sair dessa", disse.

Sobre o manifestante que acendeu o rojão, Raposo diz achar que ele vai arcar com as consequências "de ter ido lá, de ter acendido e ter pego em um repórter inocente que não tem nada a ver com esse clima, com essa tensão, entre polícia e manifestante", disse.

 

Imagens gravadas 
Imagens feitas pela TV Brasil  mostram à direita do vídeo, a dupla de manifestantes caminhando. Os dois têm um pano amarrado no rosto. O rapaz da direita veste calça jeans e uma camisa cinza bastante suada. À esquerda dele está um jovem mais baixo, também com camisa cinza, mas de bermuda preta. Ele tem uma tatuagem na panturrilha esquerda. Na sequência do vídeo, o rapaz de bermuda parece passar algo para o outro, mas não é possível identificar o quê. Os dois se misturam a um grupo maior.

Ao fundo da imagem aparece o cinegrafista Santiago Andrade vestindo uma camiseta vermelha e com a câmera no ombro. Enquanto isso, no canto direito, está o jovem de camisa cinza suada e calça jeans. A gravação termina logo depois, no momento em que o rapaz parece se abaixar.

Manifestação
O cinegrafista Santiago Andrade, da TV Bandeirantes, foi atingido na cabeça e segue internado em coma no CTI do Hospital Municipal Souza Aguair, no Centro. O estado de saúde da vítima é grave.

O cinegrafista esta sedado e respira por aparelhos. Segundo o hospital, ele teve afundamento de crânio e passou por uma cirurgia na cabeça, que durou quatro horas, e que os médicos avaliaram como bem sucedida. Segundo informações da Secretaria municipal de Saúde (SMS), com esta cirurgia foi possível conter a hemorragia na cabeça e controlar a pressão no crânio.

 

Média: 3 (2 votos)
27 comentário(s)

Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de maria rodrigues
maria rodrigues

Todos os canais abertos, em

Todos os canais abertos, em seus jornais da noite de ontem, mostraram esse rapaz dando o depoimento. Ele diz que viu aquele objeto no chão, que outro rapaz pediu, etc. E tudo disse movido por um nervosismo incrível. Gaguejava, tremia. Cheguei a pensar que ele se encontrava drogado, tal a confusão mental expressa nas palavras e nos gestos. A autoridade responsável pelas investigações da violência praticada contra o profissional da BAND garante que ele estava ao lado do outro, bem como que ambos foram os responsáveis por aquela explosão. Vale dizer que ambos se encontravam com máscara e/ou cobrindo a cara com um pano. 

Estamos cientes todos que se uma pessoa quer participar de uma manifestação ordeira não tem motivo pra se esconder. Pelo contrário. Quando se escondem é por terem em si um desejo de ferir, de agredir, de praticar o mal. Não querem ser vistos. São, na verdade, criminosos, e covardes. 

Sou totalmente a favor de toda e qualquer manifestação que sirva pra abrir os olhos das autoridades, em prol da sociedade. Quanto é possível a gente conseguir de melhorias para o povo através das redes sociais, assinando abaixo-assinado, ou indo ás ruas pra gritar, pra exigir dos governos aquilo que nos falta. A voz do povo tem muita força, por isso sou a favor de tudo que venha pra animar aqueles parasitas do governo ou do Congresso para agirem, dando as respostas necessárias para o atendimento das demandas. Por outro lado, entendo que o Governo e o Congresso precisam tomar medidas drásticas contra esses criminosos o quanto antes. Há que existir algum modo de se reprimir essa violência. 

Seu voto: Nenhum

Um babaca. Inocente útil nas

Um babaca. Inocente útil nas maõs de certos políticos. Já arruinou sua vida. Não é fácil dormir tranquilo sabendo que colaborou, e muito, para essa tragédia. Para que?

Seu voto: Nenhum (3 votos)

atenção profissionais da imprensa...

ao que tudo indica, outras filmagens, foi posicionado para atingir mesmo o cinegrafistas

 

como garantia do livre e seguro exercício da profissão, recomendo que exijam acesso às imagens das cameras de rua

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Gão
Gão

O video da Tv Brasil com os dois suspeitos

Suspeitos de ferir cinegrafista podem pegar até 35 anos de prisão

Portal EBC - 08.02.2014 - 16h39 | Atualizado em 08.02.2014 - 17h20

Brasília - Os suspeitos de terem responsabilidade pelo disparo do rojão que feriu o cinegratista  podem pegar até 35 anos de prisão pelos crimes de tentativa de homicídio e crime com explosivo, afirmou  o delegado responsável pelo caso, Mauricio dos Santos, da 17ª DP do Rio de Janeiro, durante coletiva de imprensa neste sábado (08). 

Um dos suspeitos, o estudante universitário Fábio Raposo, procurou espontaneamente a delegacia da Barra da Tijuca por volta das 05h30 deste sábado (07) e assumiu que portava o rojão, mas nega que tenha acionado o artefato.O delegado disse que considerou o depoimento inconsistente e informou que ele foi indiciado como co-autor do crime e afirma que caso ele confesse a participação no crime e identificar o segundo suspeito, pode ser beneficiado pela delação premiada e ter a pena reduzida.

Imagens exclusivas da TV Brasil mostram suspeitos de acender rojão em protesto

Estado do cinegrafista ferido ainda é muito grave, afirma boletim médico

Os dois suspeitos foram identificados em imagens feitas pelo cinegrafista Gabriel Penchel da TV Brasil. O delegado acredita que Fábio se entregou devido à divulgação das imagens pela imprensa."Ele só se apresentou porque a imagem dele foi divulgada à exaustão e por conta das tatuagens ele poderia ser facilmente identificado" Maurício afirma que não foi possível identificar o segundo suspeito por meio das imagens. "As imagens da TV Brasil, que são excelentes, não mostram ele de frente. Se a gente conseguir uma imagem que esteja nítida a gente vai trabalhar essa imagem".

Assista o vídeo com os suspeitos:

Nesta sexta-feira (7), analisando as imagens com a ajuda de um inspetor da Polícia Civil, ficou comprovada a participação do homem, que aparece de costas, vestindo calça jeans e camiseta cinza, segurando um objeto escuro na mão, muito semelhante à bomba que atingiu Santiago.

A polícia do Rio havia feito um apelo a todas as emissoras de televisão para que revisassem as imagens gravadas ontem, no entorno da Central do Brasil, durante protesto contra o aumento da tarifa de ônibus urbano, que este sábado (8) subirá de R$ 2,75 para R$ 3,00.

 

 

  • Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0

http://www.ebc.com.br/cidadania/2014/02/suspeitos-de-ferir-cinegrafista-...

Seu voto: Nenhum

A Polícia Civil requisitou

A Polícia Civil requisitou imagens captadas ontem (6) por uma equipe da TV Brasilmostrando o momento em que o homem suspeito de ter lançado a bomba que atingiu o cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade se abaixa para posicionar o rojão. As imagens também mostram que, antes disso, um homem de bermuda preta passa um artefato que parece ser uma bomba. A matéria foi ao ar na edição dessa sexta-feira (7) doRepórter Brasil Noite.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-02/policia-requisita-...

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Gão
Gão

Suspeito já tinha duas passagens pela polícia

Suspeito de ferir cinegrafista no Rio já tinha duas passagens pela polícia

do UOL 08/02/201416h45 > Atualizada 08/02/201417h33 

Do UOL, no Rio

O estudante universitário e tatuador Fábio Raposo, indiciado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro como coautor da explosão que feriu o cinegrafista da "Band" Santiago Ilídio Andrade, na quinta-feira (6), já tinha em sua ficha de antecedentes criminais duas anotações.

 

NÃO SOU BLACK BLOC

  • Reprodução/Globo News

    Raposo negou ser integrante do grupo conhecido como "black blocs". A Polícia Civil informou que a página do jovem no Facebook será investigada com o apoio da DRCI (Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática)

O jornalista foi ferido quando filmava um protesto contra o aumento da passagem de ônibus, na Central do Brasil, centro da capital fluminense. As duas passagens anteriores do jovem se deram em razão de supostos crimes também cometidos no decorrer de manifestações.

Em entrevista à imprensa, neste sábado (8), o delegado Maurício Luciano, titular da 17ª DP (São Cristóvão), responsável pelo caso, informou que Raposo responde por dano ao patrimônio público e associação criminosa em inquérito que ainda tramita na 5ª DP (Mem de Sá). O suposto crime ocorreu em outubro de 2013.

O tatuador também foi fichado, em novembro do ano passado, pelo crime de ameaça em inquérito aberto na delegacia do Leblon (14ª DP), onde assinou um termo circunstanciado e foi liberado em seguida.

Pela explosão que feriu gravemente o profissional da "Band", Raposo foi indiciado por tentativa de homicídio qualificado pelo uso de artefato explosivo e pelo crime de explosão. Se condenado, ele pode receber uma pena de até 35 anos de prisão.

O delegado explicou que o inquérito da 5ª DP, somado à investigação sobre a explosão do artefato que vitimou Andrade, poderá vir a justificar um eventual pedido de prisão preventiva. Luciano, porém, não confirmou se fará ou não tal solicitação.

 

Rastreamento

Estamos pedindo auxílio à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática para ver se há essa possibilidade de resgatar a página dele no Facebook. Inclusive conversas que ele tenha travado nesse período. É uma questão muito técnica. (...) O delegado da DRCI vai ver quais são os caminhos mais rápidos para a gente obter as informações no Facebook.

Delegado Maurício Luciano responde sobre o trabalho de rastreamento da página de Fábio Raposo no Facebook. O estudante universitário apagou a página no dia seguinte ao crime.

O estudante foi indiciado na condição de coautor após confessar ter entregue o rojão a um outro manifestante, este sim responsável por acender o material e deixá-lo no chão a cerca de três metros do cinegrafista.

Na versão de Raposo, a bomba estava caída no chão no momento em que ele a encontrou e "ficou com ela no mão". Nesse momento, um outro homem, que vestia camisa cinza e calça jeans, teria se aproximado dele e pedido o artefato. O tatuador afirmou não possuir qualquer vínculo com o segundo suspeito, tampouco conhecê-lo.

Para o delegado da 17ª DP, entretanto, o depoimento do jovem "não tem credibilidade alguma". Ele espera que, na medida em que a investigação se desenvolva, Raposo possa fornecer informações sobre a identidade do segundo suspeito, beneficiando-se de uma delação premiada.

"Se ele identificar o autor, isso será levado em consideração. Ele estará demonstrando que quer participar e colaborar com a investigação. É possível, previsto em lei e ele será beneficiado se ele assim o fizer", disse.

Questionado pela imprensa se o tatuador já tem ou não advogado instituído, Luciano afirmou que a informação seria checada e posteriormente transmitida à imprensa.

Investigação baseada em imagens

Fotos e vídeos registrados pelos profissionais de imprensa que trabalhavam no protesto contra o aumento da passagem de ônibus no Rio de Janeiro, na última quinta-feira (6), na Central do Brasil, no centro da capital fluminense, mostram diversos ângulos a explosão do artefato que feriu gravemente o cinegrafista da "Band" Santiago Ilídio Andrade, 49.

Rojão atinge cinegrafista durante protesto no Rio - 6 vídeos

  • Vídeo mostra cinegrafista ferido na cabeça em protesto
  • Vídeo da TV Brasil mostra dois suspeitos de acender rojão
  • Perícia conclui que repórter foi ferido por rojão
  • Fotógrafo fala sobre acidente com cinegrafista
  • Boechat: "Um rojão daquele não tem endereço"
  • Vídeo da BBC mostra socorro a cinegrafista

A investigação da Polícia Civil do Rio avançou após a divulgação de imagens da "TV Brasil" que flagram a ação de dois suspeitos. Um deles se apresentou à polícia na madrugada deste sábado (8). Até então, o titular da delegacia de São Cristóvão (17ª DP), Maurício Luciano, responsável pelo caso, trabalhava com a existência de apenas um suspeito.

Além do material jornalístico, os investigadores analisam imagens das câmeras de trânsito da CET-Rio (Companhia de Engenharia de Tráfego) e do equipamento de segurança do CML (Comando Militar do Leste), situado próximo à Central do Brasil, onde Andrade foi atingido. O objetivo é identificar um suspeito de camisa cinza e calça jeans, que seria, na versão da polícia, o responsável por acender o artefato.

PRINCIPAL SUSPEITO

Reprodução/TV Brasil

  • Imagens da "TV Brasil" mostram um homem de camisa cinza e calça jeans correndo pela Central do Brasil. Para a Polícia Civil, ele foi o responsável por acender o rojão que feriu Santiago Ilídio Andrade

O cinegrafista da "Band" está em coma induzido e seu estado é considerado gravíssimo, segundo boletim médico divulgado nesta manhã pelo Hospital Municipal Souza Aguiar.

"Não tive intenção de machucar", diz suspeito

Identificado como coautor da explosão que feriu Santiago Ilídio Andrade, na quinta-feira (6), o estudante universitário Fábio Raposo se apresentou na madrugada deste sábado (8) à Polícia Civil do Rio. Em entrevista à "Globo News", o suspeito disse que "não tinha a intenção de machucar nenhum repórter".

 

LEIA MAIS

"Nas fotos que foram apresentadas nas mídias, era eu, sim. Eu estava de camisa, bermuda e tênis. Com as tatuagens. Sim, eu que passei o artefato. Mas o artefato não era meu. Eu quero deixar isso bem claro. (...) Eu vi um rapaz correndo e ele deixou uma bomba cair no chão. Eu peguei e fiquei com ela na mão. Nesse momento, outro cara veio e falou comigo: 'Passa para mim que eu jogo! Passa para mim que eu jogo!'. Foi só isso mesmo. Em momento algum, eu vou para as manifestações para quebrar as coisas, bater em policial ou jogar pedra", relatou Raposo.

AmpliarSequência de imagens mostra cinegrafista sendo ferido em protesto no Rio12 fotos3 / 126.fev.2014 - Cinegrafista da Band é ferido por explosivo na cabeça, durante ato na Central do Brasil, no centro do Rio de Janeiro. O objeto explodiu muito perto da cabeça do repórter cinematográfico, que sofreu um afundamento do crânio Leia mais Agência O Globo

Na mesma entrevista, o jovem acabou se contradizendo pouco depois ao declarar que não sabia que se tratava de um artefato explosivo logo após pegar o objeto do chão. Por um momento, na versão dele, disse achar que estaria "devolvendo o pertence de alguém".

"Foi um acaso. Também não acredito que ele [em referência ao homem que acendeu o rojão] fez isso por mal", disse.

Raposo declarou ainda que só procurou a Polícia Civil porque estava "assustado" com a repercussão do caso. "Minha foto foi divulgada em mídias internacionais. Inclusive, eu já recebi ligações de pessoas desconhecidas que pediram para eu assumir a responsabilidade", disse.

Questionado se conhecia o homem que acendeu o rojão, Raposo declarou não ter qualquer vínculo com o suspeito. "Não tenho a menor ideia de quem seja. Eu fui sozinho na manifestação. (...) Mas eu lembro que esse cara era bem alto e chamava bastante a atenção", respondeu.

AmpliarProtestos no Rio de Janeiro em 2014200 fotos1 / 2007.fev.2014 - O inspetor do Esquadrão Antibomba Elington Cacella mostra artefato do mesmo tipo que o que atingiu o cinegrafisfa da Band durante protesto no Rio. A Polícia Civil fez um teste com o material e comparou com os fragmentos recolhidos no local do crime Hanrrikson de Andrade/UOL http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2014/02/08/indiciado-por-explosao-no-rio-jovem-ja-tinha-duas-passagens-pela-policia.htm   

 

Seu voto: Nenhum

esse cara é um merda como são todos os outros...

vem com esse papo de manifestante pacífico porque é covarde como qualquer outro BB, bundão mesmo

Seu voto: Nenhum (12 votos)

onde é que este merda trabalha?

o que já fez de bom e de útil na vida?

 

provavelmente nada e se bobear nem sabe contra o que está gastando o seu tempo de vadiagem

Seu voto: Nenhum (11 votos)
imagem de Leo V
Leo V

É impressionante como os

É impressionante como os comentaristas dos tais blogues progressistas em sua maioria são tão conservadores quanto o dos blogues direitistas.

São duas torcidas organizadas que agem igual, só torcem para times (partidos) diferentes.

Usam a seletividade de argumentos da mesma forma que os ministros do STF.

Bem, quem está fazendo história está indo às ruas. Quem tenta parar a história está resgungando e criminalizando.

José Rainha foi idnicado e preso inumeroas vezes, para citar apenas um exemplo conhecido. Isso prova o que?

 

Seu voto: Nenhum (11 votos)

São vários os exemplos

São vários os exemplos conhecidos.

Mas comparar o(s) caso(s) do Zé Rainha

com o desse do tatuador imbecil é dose prá leão.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Marcos Batista
Marcos Batista

Retórica a  lá Tactcher

Retórica a  lá Tactcher contamina o Guardian: a copa do mundo realmente despertou sentimentos nacionalistas... Nos Ingleses! 

 

http://www.theguardian.com/commentisfree/2014/feb/08/brazil-government-s...

Seu voto: Nenhum
imagem de Marcos Batista
Marcos Batista

Retórica da época de Tactcher contamina o Guardian!

http://www.theguardian.com/commentisfree/2014/feb/08/brazil-government-s...

Seu voto: Nenhum

Nunca esse cara é do bloco negro, jamais um integrante da tática

Nunca esse cara é do bloco negro, jamais um integrante da tática do bloco negro se apresentaria dessa forma hahahaha eu não consigo parar de rir em ver ele falar no vídeo hahaha. O delegado Fábio Pacífico disse, em entrevista ao RJTV neste sábado (8), que é fantasiosa a versão contada à polícia pelo black bloc Fábio Raposo. ele párese ser mais um sociopata o Fábio Raposo! pior nem o delegado acredito que ele seja do bloco negro hahahaha,

- Fábio Raposo Sim, era eu. As fotos que foram apresentadas nas mídias era eu, sim. Eu era o [homem] hahahahaha

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Não é black bloc? Sério? É um

Não é black bloc? Sério? É um fake black bloc?:

Olha o nível da galera: Do twitter do BlackBloc RJ:

@BlackBlocRJ: "O que é preciso fazer é IR ÀS RUAS, VIVER A EXPERIÊNCIA DE UMA MANIFESTAÇÃO, depois ver as notícias.

 

Na minha modesta opinião, tô achando que essa turminha está fazendo muito pouco ou nenhum sexo.

 

É isso mesmo!

 

Muito X-Tube e pouca ação.

 

Muita energia para extravazar. O canal encontrado foi o vandalismo sem eira nem beira.

Seu voto: Nenhum (18 votos)
imagem de Leo V
Leo V

Mas claro que não é Black

Mas claro que não é Black Bloc.

E quem disse que era?

Oras, são os jornalões que ficam dizendo que todo mundo é Black Bloc.

Agora manifestante que reage a ataque da polícia vira Black Bloc.

Os caras nem vestido de preto estavam, e visivelmente não formavam um bloco, eram simplesmente manifestantes sem bloco.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Nunca esse cara é do bloco negro, jamais um integrante da tática

Nunca esse cara é do bloco negro, jamais um integrante da tática do bloco negro se apresentaria dessa forma hahahaha eu não consigo parar de rir em ver ele falar no vídeo hahaha. O delegado Fábio Pacífico disse, em entrevista ao RJTV neste sábado (8), que é fantasiosa a versão contada à polícia pelo black bloc Fábio Raposo. ele párese ser mais um sociopata o Fábio Raposo! pior nem o delegado acredito que ele seja do bloco negro hahahaha,

- Fábio Raposo Sim, era eu. As fotos que foram apresentadas nas mídias era eu, sim. Eu era o [homem] hahahahaha

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Zanchetta
Zanchetta

De novo!

De novo!

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Nunca esse cara é do bloco negro, jamais um integrante da tática

Nunca esse cara é do bloco negro, jamais um integrante da tática do bloco negro se apresentaria dessa forma hahahaha eu não consigo parar de rir em ver ele falar no vídeo hahaha. O delegado Fábio Pacífico disse, em entrevista ao RJTV neste sábado (8), que é fantasiosa a versão contada à polícia pelo black bloc Fábio Raposo. ele párese ser mais um sociopata o Fábio Raposo! pior nem o delegado acredito que ele seja do bloco negro hahahaha, 

- Fábio Raposo Sim, era eu. As fotos que foram apresentadas nas mídias era eu, sim. Eu era o [homem] hahahahaha

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Nunca esse cara é do bloco negro, jamais um integrante da tática

Nunca esse cara é do bloco negro, jamais um integrante da tática do bloco negro se apresentaria dessa forma hahahaha eu não consigo parar de rir em ver ele falar no vídeo hahaha. O delegado Fábio Pacífico disse, em entrevista ao RJTV neste sábado (8), que é fantasiosa a versão contada à polícia pelo black bloc Fábio Raposo. ele párese ser mais um sociopata o Fábio Raposo! pior nem o delegado acredito que ele seja do bloco negro hahahaha, 

- Fábio Raposo Sim, era eu. As fotos que foram apresentadas nas mídias era eu, sim. Eu era o [homem] hahahahaha

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Terceira passagem pela

Terceira passagem pela polícia por atos violentos em manifestações.

É branco, classe média.

Apenas um rebelde. Quem já não foi? ...

Se fosse um "marginalzinho negro pobre" poderia ser preso nú em um poste para delírio das sheherazades de nossa TV.

Seu voto: Nenhum (20 votos)
imagem de Eduardo Guimarães
Eduardo Guimarães

Não sei por que o espanto.

Não sei por que o espanto. Desde junho do ano passado venho dizendo que esses psicopatas saírem à rua tocando o terror vai provocar uma tragédia a cada vez. Já morreu um monte de gente nesses protestos, dezenas e dezenas e dezenas de feridos. Pessoas humildes perdendo carros, pequenos negócios por ação desses criminosos, insuflados por partidos políticos. E o pior é que ficam romantizando esse movimento cretino. "Jornadas de junho", um nome épico para um movimento tétrico. E o pior é que muitos desses que defendem essa barbaridade ainda vão ser vitimados por ela. Só assim talvez cresçam e entendam que esses protestos são fascismo em estado puro. 

Seu voto: Nenhum (25 votos)
imagem de Leo V
Leo V

Você devia mudar o noem do

Você devia mudar o noem do seu blog para blog do Cidadão de Bem. Teria mais a ver com sua mentalidade.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

O que me espanta é a cara de

O que me espanta é a cara de pau da Globo e outras emissoras. Elas insuflam as manifestações, a Globo canta em verso e em prosa em quase todos seus programas os "benefícios saudáveis" das manifestações, empurrando as pessoas para as ruas. Mas, quando um dos seus ficam feridos, fica indignada. Todos já estão fartos de ouvir a cantilena cínica de que: os protestos começaram pacíficos, depois os vândalos entraram e bagunçaram tudo. Tá bom! A Globo e todos nós já estamos fartos de saber que os vândalos vão juntos desde o início, alguns já de cara tampada, outros colocam as máscaras mais tarde, mas todos sabem o que vai ocorrer depois. Os manifestantes "pacíficos" também sabem o que vai ocorrer daqui a pouco mas usam os vândalos para dar mais visibilidade às causas que defendem. Mas, não venham dizer que ninguém sabia o que iria ocorrer dali a pouco. Outra coisa, sou contra bala de borracha e dos excessos dos policiais. Sobram para eles gás lacrimogênio, sray de pimenta e cassetete para conter os vândalos. Como conter os arruaceiros sem nada, na conversa, com flores? Claro que se jogam spray de pimenta pode sobrar para pessoas que não têm nada a ver com a coisa e isso é lamentável, com o gás é a mesma coisa. Alguém tem alguma sugestão de como conter essa turba sem lançar mão de spray de pimenta, gás e cassetete? Gostaria muito de ouvir sugestões equilibradas. Só sei que tudo isso está acontecendo por incentivo de alguns partidos e da mídia partidarizada que quer aproveitar a Copa, ganhar dinheiro mas ao mesmo tempo desestabilizar o governo, disso tenho certeza. Não estão colocando o foco nos verdadeiros insufladores da balburdia, é bom começar a ajustar o foco.

Seu voto: Nenhum

Bando de burros teleguiados

Nem me interessa se o cara tem carteirinha de BB, o que interessa é que ele estava lá como "Tática BB". Realmente a mídia insusufla mesmo, ontem por acaso assisti a Rede Vida e praticamente todos os programas eram permeados por essa baboseira chamada NãoVaiTer Copa, quero ver é esses ignorantes começarem a exigir que os caloteiros paguem mais de 1 trilhão de reais que devem ao fisco, o Itau deve mais de 17 bi e quer eleger Marina Silva, a Vale deve mais de 35  bi, a Globo idem....se pagassem esse gasto com a copa vira esmola

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Grato, Spin F

imagem de Ismael Amorim
Ismael Amorim

Coitado o artefato apareceu do nada!!

O rapaz é  "bom", esta é a 3ª vez em que se envolve em confusão. Cadeia nele!

 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Quanta inocencia! Passava por

Quanta inocencia! Passava por acaso, por acaso também estava com sua máscara contra gazes (!), nunca participou de depredações, o trabalho da imprensa tem que ser respeitado... puxa, quanta inocencia!

 

 

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Francisco J. Correa

imagem de Ismael Amorim
Ismael Amorim

Menino bom,

Pela 3ª vez esta sendo indiciado!!

 

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Um anjo!

Um anjo!

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.